Remover link crédito do rodapé template blogger

Muitos sites estão disponíveis na internet, que fornece template blogger muito elegante com muito baixo ou nenhum custo. Se você comprar o seu modelo do que esse modelo não conterá qualquer vínculo de crédito. Estes sites também oferecem a maior parte do template blogger livre com ligação de crédito não-removível. Significa o que? Se você tentar remover o link de crédito a partir de seu modelo, em seguida, o blog vai redirecionar automaticamente para o seu website (Homepage ou um local particular). Isso é porque eles adicionaram um pouco de JavaScript em seus modelos gratuitos. Por outro lado, se você desfazer as alterações e manter seu crédito original da modelo, em seguida, ele funciona perfeitamente.

Pois bem, se você como é como eu, iniciante no blogger e não quer gastar dinheiro algum com seu template, vou passar uma dica para remover o "maldito" link de rodapé do seu template, ou melhor vamos ocultar ;)

Vamos aos passos:

1.     Em primeiro lugar, ir para Blogger.com
2.     Acessar sua Perfil Blogger e selecione seu blog.
3.     Agora vá para o Dashboard> Modelo> Editar HTML. 
4.     Ir para o rodapé e encontrar o link de crédito / rodapé que precisa remover / ocultar. 
5.     Adicione a seguinte linha com o seu certificado original de direitos de autor. (Como mostrado na imagem abaixo).
  
6.     style='visibility: hidden'

7.     Vai ficar assim:

Remove / Hide Footer Credit Link of Blogger Template

8.     Agora, salve o modelo.

FIM! Obrigado!

Fonte: http://www.alltechway.com/

quarta-feira, 11 de maio de 2016
Por: Gustavo Reis
Tag :

Scripts do blogger pararam de funcionar

Boa tarde,

Se você estava configurando as funcionalidades do seu blog, e de repente todos os scripts desaparecem, param de funcionar e ficam apenas o Gadgets do Google funcionando, alguma coisa aconteceu. Daí você salvou se layout e não lembra o que você fez?

Eu realmente não sei qual a explicação, até perguntei abri um tópico no suporte (Ainda não me responderam), só sei que funcionou para mim e espero que para você também.

Eu estava configurando os Feed do site, e escolhi a opção “Personalizar”.
Depois disso as funcionalidades pararam completamente.

Apenas precisei voltar para a configuração “default”, que é essa:



  1.  Logar no blogger.
  2.  Ir em configurações.
  3.  Outro
  4.  Em Feed de site
  5. Permitir feed de blog: Completa
É isso aí, obrigado!
terça-feira, 10 de maio de 2016
Por: Gustavo Reis

Cadastro com manipulação de arquivos em C

Bom tarde Galera,

Resolvi dispinibilizar na web meu trabalho final de Grau 2 da faculdade, consiste em um programa simples de cadastro em linguagem C, com manipulação de arquivos, ou seja os arquivos funcionam como um banco de dados.

Qualquer dúvida comente aqui!



 Segue código:

/*
    Name: Cadastro de Alunos com Arquivos
    Author: Gustavo Reis
    Date: 02/07/15 13:36
    Description: Trabalho desenvolvido para disciplina de Labortorio de Porgramação,
    professor Eder Correa, manipulação de arquivos.
*/

#include<conio.h>
#include<stdio.h>
#include<stdlib.h>

typedef struct aluno{
  int matricula;
  int idade;
  char nome[50];
  char endereco[100];
 
}t_aluno;

void cadastrar_aluno(){
   
t_aluno A; //aluno
FILE * arquivo;
int mat;
   
    //inicio do cadastro
   
    //abre o arquivo para verificar se existe matricula
    arquivo=fopen("alunos.dat","rb");
     if(arquivo ==NULL){
        printf("ERRO - Arquivo vazio!\n");
        }else{
            fflush(stdin);
            printf("Informe a matricula do aluno: ");
            scanf("%d", &mat);
            fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
              while(!feof(arquivo))
            {
                if(A.matricula==mat)
                {
                    printf("\n\t------------------------");
                    printf("\n\t| Aluno ja cadastrado! |");
                    printf("\n\t------------------------\n\n");
                    fclose(arquivo);
                    return;
                }  
                fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
            }
            fclose(arquivo);
                                       
     }   
         //copia variavel mat para A.matricula, para depois ser gravada no arquivo
         A.matricula=mat;
       
        fflush(stdin);
        printf("Informe o nome do aluno: ");
        gets(&A.nome);//
        fflush(stdin);
        printf("Informe a idade do aluno: ");
        scanf("%d", &A.idade);    //
        fflush(stdin);
        printf("Informe o endereco do aluno: ");
        gets(&A.endereco);//
        fflush(stdin);
       
        //abre arquivo para escrever
        arquivo=fopen("alunos.dat", "ab");
        if (arquivo == NULL) {
             arquivo = fopen("alunos.dat", "wb");    
             if (arquivo == NULL) {
                  printf("Erro abrindo arquivo");
                  getch();
                  exit(0);
             }
        }
        fwrite(&A, sizeof(A), 1,arquivo);
        fclose(arquivo);
       
}

void listar_alunos(){
   
    t_aluno A;//aluno
    FILE *arquivo;
   
     arquivo=fopen("alunos.dat","rb");
     if(arquivo ==NULL)
     {
          printf("Erro ao abrir o arquivo");
          getch();
          exit(0);
     }else{
           fread(&A, sizeof(A), 1, arquivo);
               printf("\n\t--------------------");
            printf("\n\t| Lista de Alunos: |");
            printf("\n\t--------------------\n\n");
           while(!feof(arquivo))
           {
            printf("Matricula: %d \n", A.matricula);
            printf("Nome: %s \n", A.nome);
            printf("Idade: %d \n", A.idade);
            printf("Endereco: %s \n", A.endereco);
            printf("--------------------------------\n");
            fread(&A, sizeof(A),1,arquivo);                             
           }
           fclose(arquivo);
     }
}

void buscar_aluno(){

    t_aluno A; //aluno
    FILE * arquivo;
    int mat;
   
    //abre o arquivo para verificar se existe matricula
    arquivo=fopen("alunos.dat","rb");
     if(arquivo ==NULL){
        printf("Erro ao abrir o arquivo");
        }else{
            printf("Informe a matricula do aluno: ");
            scanf("%d", &mat);
            fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
              while(!feof(arquivo))
            {
                if(A.matricula==mat)
                {
                    printf("\n\t---------------------");
                    printf("\n\t| Aluno encontrado! |");
                    printf("\n\t---------------------\n\n");
                    printf("Matricula: %d \n", A.matricula);
                    printf("Nome: %s \n", A.nome);
                    printf("Idade: %d \n", A.idade);
                    printf("Endereco: %s \n", A.endereco);
                    printf("--------------------------------\n");
                    fclose(arquivo);
                    return;
                }  
                fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
            }
            fclose(arquivo);
            printf("\n\t-------------------------");
            printf("\n\t| Aluno nao encontrado! |");
            printf("\n\t-------------------------\n\n");                           
     }   
   
}

void editar_aluno(){
   
    t_aluno A; //aluno
    FILE * arquivo;
    char escolha;
    //variaveis auxiliares
    int matTemp, idadeTemp;
    char nomeTemp[50], endeTemp[100];
   
    //abre o arquivo para verificar se existe matricula
    arquivo=fopen("alunos.dat","rb+");
     if(arquivo ==NULL){
        printf("Erro ao abrir o arquivo");
        }else{
            printf("Informe a matricula do aluno: ");
            scanf("%d", &matTemp);
            fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
              while(!feof(arquivo))
            {
                if(A.matricula==matTemp)
                {
                    printf("\n\t---------------------");
                    printf("\n\t| Aluno Encontrado! |");
                    printf("\n\t---------------------\n\n");
                    printf("Matricula: %d \n", A.matricula);
                    printf("Nome: %s \n", A.nome);
                    printf("Idade: %d \n", A.idade);
                    printf("Endereco: %s \n", A.endereco);
                    printf("--------------------------------\n");
                   
                    //PAREI AQUI
                        fflush(stdin);
                         printf("Informe o NOVO nome do aluno: ");
                        gets(&nomeTemp);//
                        fflush(stdin);
                        printf("Informe a NOVA idade do aluno: ");
                        scanf("%d", &idadeTemp);    //
                        fflush(stdin);
                        printf("Informe o NOVO endereco do aluno: ");
                        gets(&endeTemp);//
                        fflush(stdin);
                       
                        printf("\n\tVoce deseja alterar os dados da MATRICULA %d ?? \n\n", matTemp);
                        printf("\tNome: %s para %s \n", A.nome, nomeTemp);
                        printf("\tIdade: %d para %d \n", A.idade, idadeTemp);
                        printf("\tEndereco: %s para %s \n\n", A.endereco, endeTemp);
                       
                        printf("\tVOCE DESEJA CONFIRMA A ALTERACAO? (S=SIM - N=NAO) -> ");
                        scanf("%c",&escolha);
                        if(escolha =='S'|| escolha =='s'){
                           
                                //faz as alteracoes
                                //strcpy para substituir strings
                               
                                //A.nome = nomeTemp;
                                strcpy(A.nome,nomeTemp);
                                A.idade = idadeTemp;
                                //A.endereco = endeTemp;
                                strcpy(A.endereco,endeTemp);
                                 fseek(arquivo,-sizeof(A),1);             
                                 fwrite(&A, sizeof(A), 1,arquivo);
                               
                               
                                printf("\n\t-----------------------");
                                printf("\n\t| Operacao concluida! |");
                                printf("\n\t-----------------------\n\n");
                                fclose(arquivo);
                                return;
                        }else
                            printf("\n\t-----------------------");
                            printf("\n\t| Operacao cancelada! |");
                            printf("\n\t-----------------------\n\n");
                            fclose(arquivo);
                            return;
                }  
                fread(&A,sizeof(A),1,arquivo);
            }
            fclose(arquivo);
            printf("\n\t-------------------------");
            printf("\n\t| Aluno nao encontrado! |");
            printf("\n\t-------------------------\n\n");                           
     }   
       
}

void strcpy( char *s, char *t) {
   int i;
   for (i = 0; t[i] != '\0'; ++i)
      s[i] = t[i];
   s[i] = '\0';
}

int menu (){
    int opt;
        printf("\n\t## MENU CADASTRO COM ARQUIVO ##\n\n");
         printf("\t1-Cadastrar aluno\n");
        printf("\t2-Procurar por matricula\n");
        printf("\t3-Listar todos alunos cadastrados\n");
        printf("\t4-Editar dados do aluno\n");
        printf("\t0-para sair\n\n## ##\n->");
    scanf("%d",&opt);
    return opt;
}

void main(){
system("COLOR F0");
    t_aluno alunos[20];
    int opt;

    do{
        opt=menu();
    switch (opt){
        case 1:
            cadastrar_aluno();
            system("pause");
            system("cls");
        break;
        case 2:
            buscar_aluno();
            system("pause");
            system("cls");
        break;
        case 3:
            listar_alunos();
            system("pause");
            system("cls");
            break;
        case 4:
            editar_aluno();
            system("pause");
            system("cls");
            break;
           
        case 0:
            printf("SAIR!\n");
            return 0;
        default:
            printf("Opcao invalida!!!!!\n");
            system("pause");
            system("cls");
            break;
    }
    }while(1);


}




terça-feira, 14 de julho de 2015
Por: Gustavo Reis

Desenvolvimento e Otimização de Blogs para Plataforma Blogger


Desenvolvimento e Otimização de Blogs para Plataforma Blogger

Publique você mesmo conteúdo na Internet de forma profissional use Blogs


O Blog é uma ferramenta de Internet que ajuda você a publicar e atualizar conteúdo na Internet todo instante de forma cronológica, sem complicação ou programação.
Usar um blog é como mandar uma mensagem instantânea para toda a web: você escreve sempre que tiver vontade e todos que visitam seu blog tem acesso ao que você escreveu. 

É exatamente isso que pretendo disponibilizar a todos que tiverem vontade, os blogs estão no nosso dia a dia para fazer a diferença, e estou dando uma possibilidade de conseguir alcançar seus objetivos e metas.

Faço criação, otimização e desenvolvimento de blogs para plataforma blogger, blogs desenvolvidos em HTML5 e CSS3, que são uma das mais atuais linguagens de programação da web, com um preço razoavelmente barato, a partir de R$ 100,00!

O que você pode colocar no seus blogs:

·         Menus
·         Caixa de comentários
·         Caixa de pesquisa
·         Página “Sobre” 
·         Nome do autor 
·         Lista de artigos mais lidos
·         Links para redes sociais 
·         Artigos relacionados
·         Banner para divulgação 
·         Ícones para compartilhar em redes sociais
·         Carrinho de compras
·         Galeria de fotos
·         Banner com slides
·         ...

Você se interessou pela oferta; veja o meu portfólio clicando aqui! E se tiver alguma dúvida quanto ao orçamento ou dúvida em geral, clique aqui e envie sua dúvida!
sexta-feira, 2 de maio de 2014
Por: Gustavo Reis
Tag : ,

6 dicas para melhorar o SEO do blog de maneira simples



6 dicas para melhorar o SEO do blog.

Um blogueiro precisa saber pelo menos o mínimo sobre SEO. Você não precisa ser um expert, um analista de SEO, mas precisa saber o mínimo para que seus artigos fiquem bem indexados nos mecanismos de pesquisa.

A frase “conteúdo é rei” é muito ouvida e utilizada por blogueiros, querendo com isso mostrar que tendo conteúdo de qualidade o resto não importa muito. Isso não é verdade. O conteúdo de qualidade é importante, mas não é a única preocupação do blogueiro atualmente. Hoje você, além de produzir conteúdo de qualidade, precisa ter seu texto otimizado para os mecanismos de pesquisa.

6 dicas para melhorar o SEO do blog

Nesse artigo vou dar uma ideia do que seria o básico que o blogueiro precisa aprender sobre SEO e no final apresentar uma nova ferramenta SEO grátis que vai lhe ajudar a solidificar esses e outros conhecimentos simples em SEO. Vamos então as 6 dicas para melhorar o SEO do blog.

1- Defina uma palavra chave
Quando for escrever um artigo, é necessário eleger uma palavra chave (ou termo) apropriado para o texto. O que você quer é que essa palavra chave ou termo, ao ser procurado no Google, retorne seu artigo entre os primeiros. Pra isso é necessário utilizar essa palavra chave algumas vezes no texto.

Nesse artigo a palavra chave poderia ser SEO, mas esse termo é muito genérico e dificilmente eu conseguiria ficar entre os primeiros para essa pesquisa. Então vou trabalhar com um termo, ou uma palavra chave long tail. Vou trabalhar esse artigo pra tentar ranquear para o termo “dicas para melhorar o SEO do blog”. Vou utilizar esse termo algumas vezes, mas sem exageros.

2- Utilize essa palavra chave no título do artigo
Agora que já defini minha palavra chave, vou utiliza-la no título do artigo. Essa etapa é muito importante e certamente o ajudará a ranquear melhor nos mecanismos de pesquisa. A maioria dos sistemas de blogs que utilizamos (WordPress, Blogger) utilizamo o título do artigo pra criar a url do artigo, o que conta mais um ponto na tarefa de ranquear melhor.

Confira que tenho no meu título a palavra chave dicas para melhorar o SEO do blog, intercalada com outras palavras pra formar um título atraente e otimizado para SEO. 

3- Utilize essa palavra chave em tags H2
É necessário também utilizar tags de cabeçalho (H2, H3) nos seus artigos. Nesse artigo estou usando a palavra chave “dicas para melhorar o SEO do blog” num cabeçalho H2. Faça isso sempre, pois também o ajudará na tarefa de ficar bem colocado nos resultados de pesquisa. Se ainda não sabe ou não entende o que são as tags de cabeçalho sugiro que pesquise um pouco sobre o assunto.

4- Utilize essa palavra chave no corpo do texto
Você precisa utilizar a sua palavra chave ao longo do texto. Principalmente no primeiro parágrafo (veja que tenho uma técnica pra isso, repito o título em Itálico logo na primeira linha). Mas tome cuidado, existe um limite máximo e mínimo pra isso. O seu texto precisa ter entre 1 e 4,5% de ocorrências da palavra chave. Menos que isso não fará efeito e mais que isso pode ligar a luz de alerta dos mecanismos de pesquisa e seu texto ser considerado spam.

A minha palavra chave dicas para melhorar o SEO do blog está aparecendo 1% do texto.

5- Escreva artigos com mais de 300 palavras
Artigos com menos de 300 palavras tem pouca chance de ficar entre os primeiros resultados nos mecanismos de pesquisa. Claro que você conseguirá ranquear para várias palavras chave menos procuradas e expressivas com um texto menor que 300 palavras, mas para palavras mais concorridas e que trarão um número maior de visitas, será praticamente impossível.

Escreva artigos com mais de 300 palavras sempre (esse artigo tem 855 palavras). Não é difícil quando você realmente entende do assunto que está falando.

6- Utilize a ferramenta SEO Blog
Algumas das dicas passadas acima, apesar de simples, são difíceis de serem verificadas, como por exemplo a quantidade das palavras chave no texto, em porcentagem. Você não vai ficar escrevendo um artigo com uma calculadora na mão!

Pra resolver esse e outros problemas e lhe ajudar a treinar a escrever textos de qualidade voltados para os mecanismos de pesquisa também, criei a ferramenta SEO Blog. Com ela você pode analisar seu texto, receber recomendações e assim melhorar seus textos e as visitas de seu blog.

Pra utilizar é muito simples, basta preencher os dados solicitados e depois copiar seu artigo (que está escrevendo ou que já está publicado), acessar o Ferramenta SEO Blog e preencher os campos solicitados. Depois clique em OK (botão verde) e analise os resultados.

Estou testando na ferramenta esse artigo, com a palavra chave “dicas para melhorar o SEO do blog” e o resultado está abaixo.



Conclusão
Como pode ver, com algumas técnicas simples de SEO você já pode melhorar e muito as visitas de seu blog oriundas dos mecanismos de pesquisa. Espero que tenha gostado das 6 dicas para melhorar o SEO do blog e principalmente da Ferramenta SEO Blog.

Por: Gustavo Freitas

Fonte: http://www.mundoblogger.com.br/2013/05/6-dicas-para-melhorar-o-seo-do-blog-de-maneira-simples.html

segunda-feira, 28 de abril de 2014
Por: Gustavo Reis

Inscreva-se

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © oGustavoReis - Desenvolvimento de Blogs - Powered by Blogger - Designed by Gustavo Reis